Superalimentos #11 [abacate]

Abacate, a manteiga vegetal

O abacate é originário da América do Sul, mas está cada vez mais presente na nossa alimentação, devido aos seus benefícios. Trata-se de um fruto que, tal como o tomate, se consome como se de um legume se tratasse. A sua designação de pera abacate deve-se ao facto de ser fisicamente semelhante a uma pera. O abacate também não amadurece na árvore. Há que saber esperar que ele amadureça à temperatura ambiente. No entanto, se o quiser amadurecer à pressão,

Pernas de frango com cogumelos


Gosta de frango? Gosta de cogumelos? Se sim, vai gostar desta receita. O frango fica suculento e com a pele estaladiça. Sirva com um arroz seco, por exemplo. Uma receita deliciosa já a chamar o outono. Que venha ele. :)
   

Cobbler de pêssego e amoras [sem glúten]

Se gosta de sobremesas com fruta, esta receita é uma das melhores e mais fáceis. Aqui têm várias receitas de crumble, uma das minhas sobremesas favoritas, mas esta não lhe fica atrás. Na verdade, são muito parecidas. No caso do cobbler, discos de massa são colocados em cima da fruta, fazendo lembrar uma rua empedrada.
Se não tem muito jeito para os doces, faça esta receita. Fica sempre deliciosa. É ótima no tempo frio e no tempo quente, com ou sem uma bola de gelado. Pode usar qualquer fruta, por isso é excelente para usar a fruta da época que está a ficar demasiado madura.

Como fazer cestinhos de tortilha?

Recebi algumas mensagens de seguidoras que queriam saber como tinha feito este cestinho para servir esta salada. Ora bem, é mesmo muito simples. Vai precisar de tortilhas mexicanas ou wraps, de milho ou de trigo, tanto faz, do forno e de moldes. Vamos ao passo a passo:

1) Ligue o forno a 190ºC.

2) Molde a tortilha ou o wrap à forma que quiser usar. Deixo algumas sugestões:


Botelhoco guisado com chouriço

Esta é uma receita que me habituei a comer desde miúda e que, por esta altura, faço sempre. No entanto, não me parece que seja um prato muito conhecido. O botelhoco, como lhe chamamos em Trás-os-Montes e Alto Douro, é uma abóbora na fase inicial do crescimento, quando ainda está muito tenra (daí não se descascar). Fica ótima guisada com chouriço e serve-se com um pouco de pão. Gostava de saber se conhece esta receita, talvez tenha outro nome no resto do país (penso que é chamada de botelhinha na Beira Interior).
 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...