29 de janeiro de 2015

Onde rapar o tacho #13 especial Bruxelas


Ora bem, ir a Bruxelas e não comer moules (mexilhões) e como ir à Itália e não comer piza. Como todos falam tanto deste prato e eu adoro mexilhões, ia com as expetativas lá em cima. Dei-me mal. Achei o prato completamente sensaborão e não fui a única. Mas avancemos. Para compensar, as salsichas eram muito boas. Para a próxima, por estes lados, jogo pelo seguro - carne.


As pommes frites (=batatas fritas) são boas e há imensos sítios onde as comer. Os mais badalados são a Maison Antoine, na Place Jordain, e a Fritland, perto da Grand Place. Pelo menos no primeiro, só têm take-away, mas muitos outros restaurantes e bares deixam entrar pessoas que já tragam as suas batatas (por norma, indicam no exterior se o permitem ou não) e lá podem comer e beber o que mais quiserem. Sim, porque as batatas são só mesmo as batatas com molho à sua escolha. Depois, tem de procurar mais alguma coisa para acompanhar se quiser.

27 de janeiro de 2015

(A)provei #3

* Post patrocinado por mim mesma. As imagens são apenas ilustrativas.

Nunca me dei bem com o leite de vaca. Não gosto de leite com açúcar. Não gosto de leite com mel. Se for quente, ainda pior. Há muitos anos que deixei de beber leite gordo e meio-gordo. Passei a beber apenas leite magro. Há tempos, por não ter outro, tentei beber meio-gordo com café e mesmo assim não consegui, fico muito enjoada.

Há algum tempo, li sobre os malefícios do leite e, devido ao facto de este ser associado a alguns problemas de saúde, comecei a experimentar alternativas - «leites vegetais». Já experimentei a bebida de arroz, aveia, amêndoa, côco, avelã, soja... Acho que a que mais gostei, por não me saber a nada, foi a de arroz. As outras têm sabor ou são demasiado doces e já não gosto tanto, acho-as mais enjoativas. A de soja, em particular, acho-a muito doce e só gosto de uma determinada marca (já experimentei várias), mas, por ser a mais barata e mais fácil de encontrar no supermercado, a de soja é que mais bebo.

Vejam a lista de ingredientes destas bebidas (o primeiro é aquele presente em maior quantidade) e constatarão que o primeiro ingrediente da lista é... água. Não percebo por que razão uma bebida que é em grande parte água é tão cara. Também podiam reduzir a quantidade de açúcar. Ainda assim, para mim, são alternativas melhores que o leite.

Por outro lado, há também quem fale dos malefícios da soja, por exemplo. Enfim, não sabemos qual será a melhor escolha e nem vale a pena discutir o assunto porque parece que tudo o que nos faz bem também nos faz mal. No meu caso, é um facto que não me dou bem com o leite, por isso vou procurando alternativas. E vós?

25 de janeiro de 2015

Lasanha light com beringela

 Se procura uma receita de lasanha com a massa típica e o bechamel, esta não é a melhor receita. Se procura uma alternativa mais saudável (mas saborosa) à tradicional lasanha, encontrou a receita certa.

 Ingredientes (serve 3):
3 beringelas grandes
azeite q.b.
1 cebola picada
2 alhos picados
1 folha de louro
500g carne picada (usei frango)
4 tomates picados
1 pacote de polpa de tomate
2 c. sopa oregãos secos
1 raminho salsa fresca
1 lata de cogumelos picados finamente
sal e pimenta preta q.b.
queijo q.b.

18 de janeiro de 2015

Gnocchi de batata com tomilho e queijo

 Esta pode bem ser uma receita de aproveitamento de batatas cozidas que lhe sobrarem. Claro que estando ainda quentes esmagam-se melhor, mas pode fazer os gnocchi na mesma. Sugiro também que sirva os gnocchis com molho pesto (receita aqui) e pinhões - a receita é exatamente igual, apenas pode retirar o tomilho. Há também, por exemplo, gnocchis de abóbora, mas esta será a receita mais comum. Esta em particular é do chefe Gordon Ramsay. 

 Ingredientes:
 2 batatas grandes
50g queijo ricotta
100g farinha sem fermento
1 ovo batido
1 ramo de tomilho (apenas as folhinhas)
1 c. chá sal
queijo parmesão q.b.
pimenta branca q.b.
pimenta preta q.b.
azeite q.b.

9 de janeiro de 2015

Tosta com salmão fumado e ovo escalfado e sumo de papaia e lima

Uma das resoluções de Ano Novo, foi dedicar-me ao pequeno-almoço. Quando como bem de manhã, tenho menos fome durante o dia. Se não tomo pequeno-almoço, parece que passo o dia sempre com fome. Esta pareceu-me uma boa forma de começar a cumprir esta resolução.

Ingredientes

Sumo
1 papaia
1 lima
açúcar (opcional)

Tosta
1 fatia de pão a gosto (usei de cereais)
1 c. de chá de queijo creme
1 ovo
1 fatia de salmão fumado
sal e pimenta q.b.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...