11 de novembro de 2018

Cheesecake de forno com frutos vermelhos




Cinco anos!!! Quando há cinco anos, no dia de São Martinho, depois de ter frequentado um curso de cozinha e outro de culinária, decidi começar o blogue (para ter um registo das minhas receitas e sem perceber nada disto dos blogues), não fazia ideia de quanto tempo isto iria durar. Entretanto, mudei bastante os meus hábitos alimentares diários, as receitas passaram a ser mais saudáveis (ainda que igualmente deliciosas), perdi 10kg, comecei a interessar-me mais por alimentos que me trazem um aporte nutricional e passei a selecionar melhor o que como. No entanto, para que a nossa dieta seja equilibrada, há que fazer exceções e, uma vez por outra, comer algo menos saudável mas saboroso. E é isso que o meu blogue reflete: os meus hábitos alimentares. Enquanto gostar de cozinhar e comer bem, cá estarei a partilhar as minhas receitas convosco. Obrigada por estarem desse lado!

E porque o blogue faz hoje 5 anos, aqui está uma daquelas sobremesas de que todos gostam...

21 de setembro de 2018

Crumble de nectarinas e mirtilos com amêndoas [sem açúcar e sem glúten]


Acontece-me várias vezes começar uma receita e acabar com outra. Comecei esta receita pensando que ia fazer estes pêssegos no forno com uma espécie de leite-creme e amêndoas mas com nectarinas, que adoro. Já com as nectarinas no forno, lembrei-me que tinha mirtilos e amoras no congelador. Daí até passar para um crumble, provavelmente a minha sobremesa de inverno preferida, foi um instante. Cá está, uma deliciosa sobremesa de inverno com uma fruta de verão. Bom apetite!

Mais receitas de crumble:
Crumble de maçã
Crumble de manga e lima
Crumble de morango e baunilha do Chef Avillez
Crumble de pêra e mirtilos, sem açúcar e sem glúten


6 de setembro de 2018

Guisado de tofu, tomate e cogumelos

Por vezes, algumas pessoas dizem-me que já experimentaram tofu mas não gostaram. De facto, não é a coisa mais saborosa deste mundo, principalmente o tofu ao natural. Já expliquei aqui como preparar o tofu ao natural. Recomendo sempre que comecem por experimentar um tofu misturado com algo que gostem (há tofu com tomate, manjericão, azeitonas, fumado, amêndoas, caril, etc.), que vem já pronto a cozinhar, e só depois experimentem o tofu ao natural. Agora, não sugiro que comam o tofu assim simples, façam sempre um refogado e dêem-lhe sabor misturando outras coisas. O tofu consegue absorver todos os sabores que lhe adicionar. Veja também esta receita com tofu.
 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...