Botelhoco guisado com chouriço

Esta é uma receita que me habituei a comer desde miúda e que, por esta altura, faço sempre. No entanto, não me parece que seja um prato muito conhecido. O botelhoco, como lhe chamamos em Trás-os-Montes e Alto Douro, é uma abóbora na fase inicial do crescimento, quando ainda está muito tenra (daí não se descascar). Fica ótima guisada com chouriço e serve-se com um pouco de pão. Gostava de saber se conhece esta receita, talvez tenha outro nome no resto do país (penso que é chamada de botelhinha na Beira Interior).
 



Ingredientes (serve 2):
1 botelhoco
1 chouriço de vinho
1 tomate maduro grande
1 cebola
2 dentes de alho
1 folha de louro
1 raminho de salsa
azeite q.b.
sal marinho q.b.

Antes de rapar o tacho...

1) Comece por lavar bem o botelhoco (não é para descascar). Depois, corte e rejeite o topo e o fundo. Corte ao meio e retire as sementes que possa ter (o botelhoco deve ter ainda poucas sementes ou nenhumas). Corte em cubos grandes. (Eu gosto de o cortar em cubos maiores e outros mais pequenos porque depois fico com texturas diferentes, cubos mais crocantes e outros mais desfeitos).

2) Leve um tacho grande ao lume com um bom fio de azeite. Junte a cebola já cortada em meias-luas e deixe refogar 2 minutos. Junte depois o alho picado grosseiramente, o louro e o chouriço cortado em rodelas, e deixe refogar mais um pouco. De seguida, junte o tomate descascado e picado grosseiramente. Tape o tacho e deixe refogar 5 minutos.

3) Finalmente, junte o botelhoco cortado em pedaços e a salsa picada. Tempere com sal e mexa um pouco só para envolver os ingredientes. Tape o tacho e deixe cozinhar em lume brando até o botelhoco estar macio (20-30 minutos). Na hora de servir, pode colocar uma fatia de pão torrado no fundo do prato e cobrir com o botelhoco e o molho que vai formar no tacho.

1 comentário:

  1. Por acaso não conhecia mas curiosamente há uns tempos fiz um guisado parecido! beijinhos

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...