27 de abril de 2015

Como arranjar espargos?

Dou hoje início a uma nova rubrica do blog: "Como se faz?"
A ideia surgiu porque, às vezes, perguntam-me como se faz isto e aquilo e também porque eu própria tenho curiosidade em saber algumas coisas e faço alguma pesquisa. O que escreverei nesta rubrica, aliás como eu todos os posts do blog, baseia-se, principalmente, na minha experiência, uma vez que a minha formação em cozinha não é assim tanta. Não quer dizer que seja a maneira mais certa de o fazer, mas é como eu faço e, claro, costuma resultar ou não a partilharia convosco.
Começamos com espargos. Gosta? É uma pena que sejam tão caros porque são, de facto, muito saborosos. Requerem algum cuidado, mas não são difíceis de arranjar, vai ver. Vou explicar como os poderá arranjar e cozer, mas também assá-los, grelhá-los, salteá-los.

Sabia que há espargos verdes, brancos e roxos? São estas as variedades principais, mas há mais de 300.
Sabia que os espargos brancos são desta cor porque são cultivados debaixo da terra, de modo a impedir o desenvolvimento da clorofila? Sim, aqueles verdes que se usam nos ramos de flores!
 
Passo 1: Comece por lavar bem os espargos em água corrente. Como são plantados em terras arenosas, podem trazer ainda areia.

Passo 2: Corte a parte mais dura do espargo: ao dobrá-lo vai perceber que ele parte logo acima da parte mais dura (onde tenho o dedo indicador). Também pode cortar com uma faca. Guarde as partes duras para sopas, por exemplo.

Passo 3: com um descascador e cuidadosamente para não os partir, retire a pele dos espargos. Retire bem os "nozinhos" do caule, sem tocar nas pontas (tire apenas dos 3/4 de baixo).


Agora, caso os queira cozer:

Passo 4: leve uma frigideira grande ao lume com água, deixe ferver, junte os espargos sem os sobrepor e tempere com sal. Deixe ferver em lume brando durante 5 minutos. Guarde a água da cozedura para usar noutras receitas.

Passo 5: Retire os espargos da frigideira com uma escumadeira e e coloque-os numa taça com água fria e gelo. Vai parar a cozedura e fazer com que os espargos se mantenham "crocantes".

1 comentário:

  1. Fiquei a saber uma data de coisas que não sabia sobre espargos e e sempre bom saber mas são caros infelizmente

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...