Tarte de ruibarbo

 

Tenho de começar por agradecer esta receita à menina do Frango do Campo, porque foi ela que me ofereceu os ruibarbos que usei nesta receita. Foi a primeira vez que cozinhei com este ingrediente e adorei. O ruibarbo, que é ácido, combina na perfeição com os morangos doces. Se quiser saber mais sobre o ruibarbo veja aqui. Eu fiquei a saber que as folhas não devem ser consumidas, são prejudiciais ao organismo, e que há diferentes variedades, mais ou menos vermelhinhas.
Esta tarte é uma receita do Prato do Dia do 24Kitchen e foi ligeiramente adaptada. O recheio é ótimo, mas a massa não lhe fica atrás, é crocante e desfaz-se na boca. Adorei!
 
Ingredientes

Massa: 
300g farinha de trigo sem fermento 
1/2 c. chá sal 
3 c. sopa açúcar amarelo
1 c. café canela 
180g manteiga sem sal gelada 
90ml água gelada (entre 80 e 100ml)

Recheio: 
3 chávenas morangos cortados em quartos 
5 talos de ruibarbo cortados em pedaços 
açúcar amarelo 
5 c. sopa amido de milho (maizena) 
1 c. chá canela 
1/2 c. chá sal 
1/2 limão (raspas) 
1 gema 
1 c. chá água para pincelar 
manteiga amolecida



Antes de rapar o tacho...

1) Comece por fazer a massa, juntando no processador a farinha, o sal, o açúcar e a canela. Triture uma vez e adicione a manteiga sem sal gelada e cortada em cubinhos e a água gelada. Triture novamente até obter uma massa homogénea e depois separe a massa em 2 partes (1/3 + 2/3) e achate cada uma para formar 2 discos. Embrulhe-os em película aderente e leve ao frigorífico durante 30 minutos.

2) Entretanto, faça o recheio. Numa tigela, junte os morangos partidos em quartos e os talos de ruibarbo cortados em pedaços. Adicione o açúcar, o amido de milho, a canela, o sal e as raspas de limão. Misture e reserve.

3) Ligue o forno a 180ºC.

4) Com um rolo, numa superfície polvilhada com farinha, estique o disco de massa maior e forre a tarteira (cm).

5) Repita o processo e estique a restante massa e corte-a em tiras.

6) Pincele a base da tarte com um pouco de manteiga, preencha com o recheio e coloque as tiras por cima, entrelaçadas, de forma a fazer um xadrez. Corte os excessos e aproveite-os para, com um cortador de massas, fazer, por exemplo, umas folhinhas para enfeitar a tarte.

7) Pincele o topo com a gema batida com a água.

8) Leve ao forno durante 40 minutos, deixando que a crosta fique dourada e o recheio coza.

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Garanto que também estava deliciosa! Obrigada, Marisa. :)

      Eliminar
  2. Tem muito bom aspecto a tua tarte!
    Ainda não tive oportunidade de provar ruibarbo mas tenho imensa curiosidade...
    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também tinha e, tal como imaginava, fica mesmo delicioso em sobremesas.
      Bjinhos

      Eliminar
  3. Nunca comi ruibarbo, mas a tarte ficou linda!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :) Mesmo com outras frutas (para quem não tem ruibarbo) fica ótima. A massa é mesmo boa :)

      Eliminar
  4. Wow! ficou com um aspecto fantástico esta tarte :) vou fazer, podes ter a certeza :) beijinho grande**

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário e pelos ruibarbos :)
      Adorei a tarte, vale mesmo a pena fazer. Faz e diz-me como correu. Também fiz compota :)
      Beijinhos xox

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...