15 de janeiro de 2016

Superalimentos #6 [tâmaras]

 
Caso se pergunte por que razão hoje em dia se fala tanto de superalimentos, lembro que não é um conceito novo. Um superalimento é um alimento com elevada densidade nutricional, considerado especialmente benéfico para a saúde. O limão e o alho, por exemplo, são superalimentos. A verdade é que atualmente muitas pessoas procuram fazer uma alimentação mais saudável e funcional e estão a (re)descobrir os bons alimentos. Falemos das tâmaras.



Este alimento provém da palmeira tamareira, que em grego tem a designação de Phoenix. O nome que ainda hoje é dado ao fruto – Dactylifera – vem da palavra grega dactylos, que significa dedos. Em árabe, a palavra tâmara significa dedo de luz (douglat nour), devido à forma e à transparência luminosa dos frutos da tamareira. A tâmara é muito nutritiva por conter proteínas, açúcar, sais minerais e vitaminas, sobretudo, a vitamina C, que neste fruto existe
entre 50 a 100 vezes mais do que na banana, 8 a 17 vezes mais do que na laranja (!), 75 a 150 vezes mais que nas pêras, e 50 vezes mais do que na maçã. 10 tâmaras deglet noor têm cerca de 280 Kcal.

Saiba ainda que este fruto:
- fortalece os ossos
- é uma fonte de energia
- é rica em vitamina C
- tem efeito anti-inflamatório
- reduz a pressão arterial
- melhora o sistema digestivo
- é uma fonte de fibra, potássio, ferro e cálcio

Existem centenas ou milhares de variedades de tâmaras. Em Portugal, as que encontramos mais facilmente são as Deglet Noor (as da foto). No entanto, as melhores são as Medjool. São mais caras do que as outras, é certo, mas são mais macias, suculentas e doces, daí serem as mais indicadas para sobremesas em que precisa de obter uma mistura cremosa e homogénea.


Se nunca comeu tâmaras, experimente, vai ver que gosta do sabor fantástico a caramelo deste fruto. Obviamente têm bastante açúcar natural, daí não serem indicadas para diabéticos, mas é um açúcar bom. Quando nos apetece comer algo doce, vale mais comer umas tâmaras do que um bolo cheio de açúcar refinado e sem qualquer valor nutricional. Prefira sempre tâmaras biológicas e sem açúcar adicionado. 

Aproveito para vos contar que estou muito contente porque estabeleci uma parceria com uma marca com a qual me identifico muito, não só porque esta empresa familiar advoga uma alimentação +saudável, +nutritiva, +completa e +natural mas também porque é uma empresa de Aveiro, a minha (segunda) cidade. A +Cru vende produtos biológicos, alguns deles produzidos pela própria marca. Visitem o site e experimentem, por exemplo, as granolas, o pão cru, os cremes de barrar vegetais e, claro, as tâmaras


* Post escrito em parceria com a +Cru.
 

2 comentários:

  1. Eu gosto! Às vezes trinco uma durante o dia, acaba por ser uma guluseima! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exato, comemos uma coisa doce que não nos faz mal. Às vezes, também como figos ou ameixas secos.
      Beijinhos :)

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...